Friday, August 5, 2016

Ferals: o rapaz que falava com os corvos / Jacob Grey

Sinopse:

"Crau nunca questionou a sua habilidade para falar com os corvos. No entanto, quando a ameaça de um novo Verão Negro começa a desenhar-se no horizonte, descobre o mundo subterrâneo dos Ferals de Blackstone - aqueles que detêm o poder de falar com os animais e de os controlar. 

Crau é um deles. Para salvar a cidade, terá de aprender a servir-se de dons que não imaginava possuir."

Opinião:

Não esperava grande coisa deste livro, e de facto, revelou-se um tanto fraquinho.

É aquela fantasia que não traz nada de novo. Não digo que não se leia bem, mas também não causa o mínimo de entusiasmo, é do género literatura "melhoral", não faz nem bem nem mal!

E se ainda assim estava mais inclinada para dar 3 estrelas, o final fez descer a classificação. Querem saber porquê? Atenção, spoilers à vista!


Quando Crau faz cair o véu e viaja até à terra dos mortos, encontramos um lugar, e perdoem-me o pleonasmo, cheio de lugares comuns, lamechas e enfadonho. Pior: a certa altura, damos com uma grande incoerência, uma vez que é dito a Crau que naquele espaço o feral dos cães não lhe pode fazer mal, mas depois o tecedor usa as suas aranhas contra o nosso herói.

Também me desagradou a forma super hiper mega rápida como Crau desenvolveu as suas habilidades que, dizia-se, levariam anos a crescer.

Ah, e odiei aquele final ao estilo, "Pronto, está morto, ai espera, estou agora a ver um sinal e se calhar já não está".

Portanto, temos uma leitura muito "meh", que não deixa vontade de pegar nos próximos volumes.

.........................................................................................................

GREY, Jacob

O rapaz que falava com os corvos / Jacob Grey. - Lisboa:
Planeta, 2015. - 252 p. - (Ferals; 1)

Literatura norte-americana -- romance de fantasia / Jovens -- ficção

CDU: 821.111(73)-312.9

ISBN 978-989-657-682-0

COTA 82-312.9 GRE
.........................................................................................................

No comments: