Sunday, May 15, 2016

A coruja bibliotecária, o podcast!

Nesta minha chafarica literária, tento sempre fazer críticas aos livros sem mencionar a história além do que é apresentado nas sinopses. Porque, caso contrário, arruinava-se o prazer da descoberta do enredo e das personagens a quem eventualmente viesse a pegar nesses mesmo livros, coisa que, aliás, acontece imenso na blogosfera. E EU ODEIO!!! De facto, esbarrar em spoilers tornou-se mesmo num pesadelo para muitos de nós.

Porém, tenho sentido alguma necessidade de falar sobre as histórias que vou lendo e de partilhar aquilo de que gostei muito, pouco ou nada. De comentar as personagens que me irritam e as que não esquecerei. De elogiar ou cascar nos autores.

Por isso, já estou a trabalhar na construção de um podcast, que deverá acompanhar a crítica geral dos livros que vou lendo, com a respectiva indicação de SPOILERS!

Desta forma, acho que estou a prestar um serviço mais completo, que poderá agradar a gregos e troianos, isto é, a quem só quer ficar com uma ideia geral do livro e a quem quer entrar na história mais a fundo.

Portanto, brevemente, estará no ar "A coruja bibliotecária", o podcast!

Saturday, May 7, 2016

O rapaz que nadava com as piranhas / David Almond

Sinopse:

Quando o Estaleiro Simpson encerrou, as pessoas que tinham trabalhado ali tiveram de ir em busca do seu sustento noutros locais. Só o tio de Stanley ficou, transformando a casa da família numa empresa de conservas de peixe, o que tornou a vida de todos uma verdadeira loucura. Um dia Stanley descobre que uma feira popular itinerante tinha chegado à cidade. Ao visitá-la, fica tão fascinado que, incapaz de suportar por mais tempo viver na casa do tio, vai com a feira para longe dali, passando a trabalhar numa barraca onde havia peixinhos dourados. E foi assim que veio a conhecer Pancho Pirelli, um homem capaz de nadar com as piranhas.

Opinião:

Sinceramente, não achei graça nenhuma a este livro. Pareceu-me uma história disparatada, sem piada, sem sal. Não senti ligação às personagens e odiei a equipa de fiscalização, cuja linguagem carregada de erros não faz qualquer sentido. O final, igualmente fracote, deixou-me com a sensação de perda de tempo. Uma desilusão, especialmente porque esperava muito mais deste autor!

2 estrelas, mais não posso dar!

.........................................................................................................

ALMOND, David

O rapaz que nadava com as piranhas / David Almond; il. Oliver
Jeffers. - Lisboa: Presença, 2014 . - 139 p. - (Estrela do mar; 149)

Literatura inglesa -- prosa / Crianças -- ficção

CDU: 821.111-3

ISBN 978-972-23-5280-2

COTA 82-3 ALM
.........................................................................................................

Thursday, May 5, 2016

Chegaram, weeeeeeeeeeeeeeee!

No site da Planeta, pode ler-se a seguinte resposta à questão de uma leitora, datada de Janeiro deste ano:

Muito lamentamos mas não temos prevista a publicação de novos títulos da série “Desaparecidos”.

Assim sendo, lá tive eu de recorrer a uma edição estrangeira!

Sempre que leio em inglês, só me custam as primeiras páginas. Depois, entro no ritmo e até chego a sonhar nessa idioma!

Bom, e agora deixem-me recomeçar esta maravilhosa viagem. Michael Grant, aqui vou eu!


Wednesday, May 4, 2016

Mentiras / Michael Grant

Sinopse:

Decorreram sete meses desde o desaparecimento de todos os adultos. Tudo acontece numa noite.

Uma rapariga que tinha morrido circula agora entre os vivos. Zil e o Bando dos Humanos incendeiam Perdido Beach; entre o fumo e as chamas, Sam entrevê a silhueta da pessoa que mais teme: Drake. Mas Drake morreu. Sam e Caine venceram-no, assim como à Sombra. Pelo menos assim pensavam.

Enquanto Perdido Beach arde, a batalha também está acesa: Astrid contra o conselho municipal; o Bando dos Humanos contra os mutantes; e Sam contra Drake, regressado do reino dos mortos e desejoso de acabar com aquilo que ele e Sam deixaram por concluir. Entretanto, e à semelhança do próprio fogo, há boatos que alastram, espalhados pela Profetisa, Orsay, e pela sua companheira, Nerezza.

As condições são piores do que nunca, e os jovens estão desesperados por sair. mas estarão suficientemente desesperados para acreditarem que a morte os poderá libertar?

Opinião:

Até me ia dando o badagaio nos transportes públicos, de tão boa que é a história, catano! Uma pessoa entra de tal forma no enredo, que se desliga de tudo o que está à volta. Chegada aqui, já não posso ficar pelas 4 estrelas! O Michael Grant acaba de transforma-se num dos meus autores favoritos!

5 estrelas e venham os próximos, que devem chegar ainda esta semana via Wook! Yaaaaay!

.......................................................................................................
GRANT, Michael

Mentiras / Michael Grant; trad. Victor Antunes. - Lisboa:
Planeta, 2012. - 334 p. - (Desaparecidos; 3)

Literatura norte-americana -- ficção científica / Jovens adultos -- ficção

CDU: 821.111(73)-311.9


ISBN 978-989-657-260-0

COTA 82-311.9 GRA
............................................................................................................